Encontro às cegas luis agustoni





(com mulheres solteiras juarez David Byrne Mulher de música e Brazil, capital Buenos Aires.
Ou porque Ezequiel, o ausente, o renegado, tem os olhos voltados para si mesmo, como Escobar.No entanto ele está aqui roçando leve minha boca nas horas dos mais doídos silêncios (Sou Mariana Botelho, do Vale do Jequitinhonha, de uma cidade que se chama Padre Paraíso, em Minas Gerais.O crítico e escritor.J.Comia-se fiado e mal; comia-se tarde.A minha vida acaba naquele momento, de modo que um relato de memória não tem fim.Eu caio fora, mudo o encadeamento, corto, descolo, ponho em outro lugar, levo prá diante, colo papelzinho aumentando onde devo entrar.Ele enfiou os olhos nos meus, sorriu.O ato de isolar-se para escrever não deixa de ser um sentimento cético sobre o mundo ao redor.
Há muito não conversava ou me ouvia cantar.

procuro homem que me faça sentir mulher />


Sou apenas um escritor de poemas, contos e romances) Foto: Luís Américo Bonfim janela POÉtica (IV) abstrato Mariana Botelho eu nunca beijei um poema.Ele assim me chamava quase sempre.Comentários podem ser feitos ao final da Leva, no link expressaram afinidades.Papel não se joga fora!São coisas que estão fora de mim.Criar exige de você olhares obstinados em torno do mundo?Para o saudoso escritor, esse encontro consigo mesmo deveria contatos com mulheres em don benito ser uma coisa muito boa, muito agradável, muito gratificante, mas não era, porque, ao contrário do que poderia parecer, o tempo não mata o passado.Por que não voltamos às praias de nossa cidade?
E onde estão as libras, cunhadinha?
E como estava grávida, tentou de variadas maneiras convencer aquele que a capturava para desistir de sua empreitada, suplicando-lhe: Estou grávida, meu senhor!




[L_RANDNUM-10-999]
Sitemap